quinta-feira, 25 de março de 2010

E lá vai mais uma da Igreja...

E a notícia do dia diretamente da Folha é:
Vaticano diz não ter castigado padre pedófilo por ele estar doente

O vaticano decidiu não punir o tal padre que abusou sexualmente de aproximadamente 200 crianças surdas porque os casos só foram revelados 20 anos depois do acontecido e porque o padre já estava velho e doente.

Incrível como as pessoas culpadas encobrem seus crimes por anos com a ajuda de pulhas e depois alegam muito tempo transcorrido, velhice e doença. E isso não se limita aos padres, lógico. Alguém aí já viu algo semelhante nos escândalos políticos do nosso país?

Alegar velhice e doença é muita cara de pau.
É para a gente ficar com pena?
Desculpem, mas não dá.

E não venham me dizer que esses sujeitos serão punidos no além ou por Deus ou na outra vida que eu não engulo. Para mim, se fez aqui, vai pagar aqui. Infelizmente, como esse padre nojento já morreu, ele ficou impune e é isso que me deixa extremamente frustrada e desacreditada do mundo...

Foto DAQUI.

3 comentários:

Consuelo disse...

É inacreditável como a igreja católica sobrevive até hj com esses princípios arcaicos e encobrindo tds essas sujeiras q os padres etc fazem...

Art by Lu disse...

E viva a hipocrisia!!

Para alguns pais parece que é mais importante a necessidade tosca do ritual religioso, da suposta "conduta certa, crente e temente a deus" da sociedade do que a integridade física e mental de seus filhos.

Consuelo, se catolicismo sobreviveu à Santa Inquisição, pode ter certeza que sobrevive a qualquer outro tipo de barbaridade...

Cryz disse...

Estou me atualizando agorinha mesmo dos posts do seu blog! Menina, qta coisa nova que eu deixei de lerrrr. Comento logo logo, prometo!!!!! Adorei o relato do show do Guns... Vou comentar tudo, juro juro ;)))