segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Amy Winehouse em São Paulo

E eu fui ao show da Amy Winehouse!!!


Cheguei ao Anhembi pouco antes do Instituto subir ao palco, sob um sol típico de fim de tarde em horário de verão. A banda, como sempre, foi muito boa. O esquema de convidados nos vocais é interessante, trazendo sempre uma surpresa para os espectadores.

Depois foi a vez do Mayer Hawthorne. Embora não conhecesse o cantor, gostei da apresentação, do visual e da interação do músico com o público.

O último show antes da grande estrela da noite foi o da Janelle Monáe. Introdução cheia de efeitos e vídeos no telão, o que fez com que eu só percebesse que a cantora estava no palco no meio da segunda música, quando o telão começou a mostrar o palco (é duro ser baixinha!!!). Sem dúvida, a garota tem uma voz sensacional e é bem performática.


Ao término do show da Janelle eu já não estava aguentando mais ficar em pé e ser esmagada e empurrada pelos desesperados que tentavam chegar até a grade a qualquer custo. Tive um momento de surto claustrofóbico e decidi ir para trás, já que a essa altura não enxergava mais nem o telão. E foi então que eu percebi quanta gente tinha lá. Fazia muito tempo que não  via o Anhembi tão lotado. Eu andava, andava, andava e não chegava nunca ao fim daquele mar de pessoas.  Por fim, cheguei a um local em que dava para respirar e dar uma sentadinha no chão para aliviar a dor nas costas, conseguindo, de quebra, ver o telão.


O show não atrasou muito, só uns 20 minutos. E eis que Amy Winehouse sobe ao palco, abrindo o show com Just Friends. E já na primeira música ela esquece a letra. Juro que naquele momento bateu um certo desespero ao ver a Amy ali parada olhando pra banda e tentando lembrar a letra. Felizmente, logo ela continuou, e seguiu emendando sucessos e arrasando. OK, mesmo lendo ela às vezes tropeçava nas letras, mas tenho que admitir que sua voz continua sensacional. A banda é ótima e brilhou tanto nos momentos em que apoiou a cantora quanto durante a apresentação dos backing vocals. Em resumo, o show foi inesquecível.

PARÊNTESES: Embora o show da Amy Winehouse tenha sido maravilhoso, é óbvio que poderia ter sido ainda melhor. A sensação que fica é um misto de alegria pelo show ter enfim se concretizado, de admiração pelo talento da Amy e de tristeza pelo fato dela ser tão talentosa e tão nova e já estar tão estragada. Pior é ter que ler várias pessoas esculachando o show, dizendo que a Amy não estava empolgada, que não interagiu, que mudou o ritmo das músicas, que tocou pouco e blábláblá... Qualquer um que já tenha visto um show dela sabe que ela sempre foi assim. Horrível também é ter que suportar a maldade das pessoas, que torciam claramente para que a Amy se desse mal, tropeçasse, caísse, enfim... qualquer desgraça. Sinceramente, não entendo o que faz um ser gastar uma grana para ir a um show que ele torce para que não aconteça. Não faz nenhum sentido pra mim. Muitos ali (e fora dali também) estavam à espera de um freak show, mas tiveram que se contentar com um show divino que, mesmo imperfeito, é um show para se guardar na memória com carinho. Então, só tenho uma coisa a acrescentar: É isso aí, Amy! Calou a boca (e levou a grana) desses imbecis que torciam pelo seu fracasso!!!

Fotos: IG

3 comentários:

Sarah disse...

Mi!! Tava curiosa pra saber como tinha sido!! Realmente li algumas críticas falando mal do show de SP, mas concordo com vc apesar de não ter ido. Vi um show dela em um DVD e também achei curto - e olha que DVD é um material pra se vender e tals. O fato de esquecer a letra é total condizente com o perfil Amy, da mesma forma que tropeçar no palco e cantar na garrafa. Com certeza Amy é talentosíssima e já está na história da música por isso.
bjos

Nice disse...

Me disseram que ela deveria morrer porque usa drogas...que pena que as pessoas tem cabeça de palito de fósforo. Eu torço pra ela se recuperar e continuar a cantar muito, pra eu poder curtir mais um show.
Beijo grande, amiga!

Japa Girl disse...

Sabe o que é inacreditável?
As mesmas pessoas que dizem que ela deveria morrer porque usa drogas são aquelas que fazem esse comentário absurdo enchendo a cara de cerveja!!!