quinta-feira, 20 de abril de 2017

O que rolou... Março/2017

Oi!

Março foi um mês tumultuado (e abril também está sendo), então só agora consegui fazer o post de retrospectiva. Mas olhando minhas anotações aqui, constato que foi um mês de ótimas leituras e séries/filmes. Vamos ver o que rolou?

Livros

Li só 3 livrinhos em março, mas valeram muito a pena.


- Novecentos (Alessandro Baricco): Segundo livro do Baricco que leio, segunda vez que me apaixono por sua escrita. Semana que vem deve rolar post sobre a obra e sua adaptação para as telas.
- O Adulto (Gillian Flynn): Mais um reencontro feliz (quer dizer, tenso e perturbador... hahaha). Terceiro livro da Gillian que leio, terceira vez que sou enganada por ela, e não vejo a hora de ser ludibriada pela autora novamente.
- A Teta Racional (Giovana Madalosso): Literatura nacional contemporânea de primeira. Foi o livro escolhido para o #LeiaMulheres – SP de março. Uma ótima discussão com a presença da autora (gente finíssima).

* Publicada a resenha [Do fundo do baú]: A mulher de preto (Susan Hill)
* Publicada a resenha [Do fundo do baú]: A invenção das asas (Sue Monk Kidd)
* Publicada a resenha: O buda no sótão (Julie Otsuka)

Filmes

Consegui assistir a 10 filmes em março. Um bom número, considerando o momento caótico de trabalho. Favorito dos favoritos: ‘Laços Sagrados’. Outros que ganharam meu coração: ‘Logan’, ‘À beira-mar’ e ‘A lenda do pianista do mar’.


- X-Men - Apocalipse: Que filme ruim, senhor! Esta saga das origens dos X-Men estava indo tão bem...
- A Família Adams: Estava mudando de canal e peguei o filme começando, na Band. Como assim Wandinha Adams não chama Wandinha? Minha infância ruiu... hahaha
- Logan: Depois de dois filmes-solo bem mais ou menos, finalmente Wolverine ganhou uma história decente. Violenta e doce na medida.
- A Condessa: Uma das personagens reais mais incríveis. O filme, achei mediano, mas vale a pena mesmo assim. [#vejamaismulheres]
- Copacabana: Começou bem ao colocar idosos em praticamente todos os papéis, mas daí escorregou e virou um programa humorístico com piadinhas infames. [#vejamaismulheres]
- Miss Julie: Visualmente lindo, mas um tanto cansativo. É muito difícil eu realmente gostar de adaptações de peças que mantêm o tom teatral. [#vejamaismulheres]
- À Beira-Mar: Muita gente reclamando do filme no Filmow, mas decidi dar uma chance. Adorei o retrato de um relacionamento em frangalhos que Jolie comandou muito bem. [#vejamaismulheres]
- Laços Sagrados: Esse eu vi para a aula de História do Cinema (o módulo de março era sobre Cinema Israelense). Incrível é pouco para esse filme que trata de dogmas e como eles arruínam a vida das pessoas desde sempre.
- A Lenda do Pianista do Mar: Tão bonito quanto o livro do Baricco. Só peca por enfiar uma tentativa de romance onde não precisava.
- Star Wars – Rogue One: Mantendo a tradição de intercalar um filme ótimo com um mediano, aqui está um exemplar dessa segunda categoria.

* Publicado o post [Do fundo do baú] sobre o filme: A mulher de preto

Séries

Publiquei o post sobre a primeira temporada de ‘Sneaky Pete’ (falta muito para a série voltar?) e devorei a primeira temporada de ‘Z – The Beginning of Everything’, sobre Zelda Fitzgerald e seu marido detestável (a resenha deve sair semana que vem). Ah... comecei a rever ‘Twin Peaks’ (amor eterno – ansiosa e temerosa pela terceira temporada).

* Publicado o post sobre 'Big Little Lies' (a minissérie da HBO)

E vocês, o que aprontaram em março?

Beijo!

5 comentários:

Lígia Barros disse...

Ainda não li nada do Baricco, mas estou com vontade de ler. Dos dois que você leu, qual agradou mais?
Da Gillian Flynn ainda só li "Garota Exemplar". Como "O adulto" é curtinho, acho que vou dar uma chance a ele. :)

Michelle disse...

Lígia,
Gostei igualmente dos dois (Seda e Novecentos).
Da Gillian, li Garota Exemplar, Lugares Escuros e O Adulto e foram sucesso total! :)

lulunettes disse...

Ainda não li nada da Gillian Flynn. Na verdade não tinha interesse até assistir recentemente o filme “Garota Exemplar”.
Eu amo os filme da “A Família Addams” (com o elenco Anjelica Huston, Raúl Juliá, etc.). Sempre revejo. Esses filmes nunca perderam o encanto ♥.
Eu não sou fã de “Star Wars”, mas assisti todos os filmes. Para mim, “Rogue One” foi o melhor. Ficou sensacional! Fui até assisti duas vezes no cinema.
Beijos, Michelle!

Angélica Roz disse...

Bah, em março não consegui ter muitas atividades culturais. Infelizmente, o meu trabalho me "consumiu". :( Eu também tenho lido uma média de três livros por mês apenas. Queria ler mais, mas não estou conseguindo... Mas o importante é qualidade e não quantidade. :)
Porém, em abril, consegui assistir mais séries e filmes. :) Vamos que vamos!!
Beijos!

Michelle disse...

Lulu,
Recomendo muito os livros da Gillian, viu? E 'Família Adams' é amor demais! Também não faço parte do fã-clube de Star Wars. Gosto de alguns e acho outros bem ruinzinhos. 'Rogue One' não curti, não...rs

Angélica,
Sim, o trabalho nos consome. Mas a gente faz mágica com o que tempo que resta, né? O importante é se divertir!