sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Filmitcho: Um Conto Chinês (Un Cuento Chino)

Eu adoro filmes argentinos. Ao contrário do cinema brasileiro, que insiste em temas de exclusão social, apela para temas religiosos ou descamba para maluquices sem pé nem cabeça (com suas devidas e bem-vindas exceções), os filmes dos hermanos conseguem contar com leveza histórias simples, retiradas de situações do dia a dia, e olhá-las de forma poética. E, como não poderia deixar de ser, sou superfã do Ricardo Darín, ator tudo-de-bom presente em 90% dos filmes argentinos (pelo menos naqueles que dão as caras por aqui).

Toda essa introdução para falar sobre a mais recente pérola a que assisti: Um Conto Chinês (Un Cuento Chino). É a história de um rapaz chinês que vai parar em Buenos Aires por causa de uma vaca que cai do céu. Sim, surreal, mas baseado num fato real, como se descobre conforme o filme avança. Enfim... ele não fala uma palavra em espanhol e tem um endereço tatuado no braço. Quem acaba cruzando seu caminho é Roberto (Ricardo Darín), um tipo controlador, solitário, cheio de manias que beiram o TOC. Ele vê o chinês sendo expulso de um táxi e abandonado na rua e, mesmo a contragosto, decide ajudá-lo.

E é aí que começam as confusões e a peregrinação de Roberto para encontrar alguém que conheça o rapaz. Muitas situações inusitadas e mal-entendidos se acumulam nessa deliciosa comédia. O filme só muda um pouco de tom mais para o final, quando Roberto finalmente decide se abrir e a verdade sobre a tal vaca é revelada.

Simples. Bonito. Divertido. Encantador... Simplesmente Imperdível!!!

Veja aqui o TRAILER.

6 comentários:

Gabriela Orlandin disse...

Não costumo assistir filmes argentinos E MENOS AINDA BRASILEIROS. O que não gosto é a manian dos brasileiros colocarem violência e o nordeste com seus cangaceiros horríveis em cada filme produzido aqui. Como se o Brasil fosse só isso!
Enfim, ri muito com a vaca que caiu do céu, e agora preciso assistir pra conferir essa história xD
Morri de rir com as cenas do trailer também. HAHAHAHAHA =D
Beijos.

Por que você faz poema? disse...

Sou suspeito para comentar cinema argentino, sou até chato nas minhas conversas. Este ano já havia gostado bastante de "O Homem ao Lado" e "Medianeras" e agora de "Um Conto Chinês". Fico impressionado como eles, los hermanos, conseguem abordar de maneira original desde comédia romântica, onde deveríamos ser os reis, ao clichê do homem-ranzinza-que-se-humaniza-durante-a-trajetória. Nem favela-violência-globochanchada nos salva.

Michelle disse...

Gabriela,
Assista sim. Tenho certeza dq ue você não vai se arrepender. Conte depois o que achou, tá?

Herculano,
Estou louca para ver Medianeras! Pois é... acho que deveríamos deixar as rivalidades bobas de lado e reconhecer os méritos dos hermanos. E aproveitar e aprender alguma coisa com eles.

BrunaReis disse...

Me interessei bastante por esse filme, sempre gostei de filmes argentinos;
Beijos querida
Bruna
www.desbravandohistorias.com.br

Tainã Almeida disse...

Os adultos vivem dizendo que a adolescência é um dos perídos mais
marcantes da vida. Mais o que o adolescente pensa disso?
(sinopse do meu blog)
Acessa o meu blog?
"Blog de uma adolescente"

http://blogdeumagarotaadolescente.blogspot.com/

Espero a sua visita, se gostar do meu blog segue lá,
ficarei muito feliz. Desde já obrigada;
tenha uma ótima semana, beijos.

territoriodascompradorasdelivro disse...

Oii, primeira visitinha por aqui o/
Adorei seu blog! Muito fofo...
Estarei comentando seus post!
E seguindo, me segue também!
Bjss *-*
http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/