quinta-feira, 9 de julho de 2015

TAG: The Shakespeare Tag

Oi, gente!


Faz tempo que não respondo tags, né? E não é por falta de opções bacanas (tenho uma lista de tags que quero responder), mas os dias vão passando, o tempo parece cada vez mais curto, o cansaço domina... e já era. Aproveito que hoje é feriado e que não estou trabalhando (aleluia!) para responder a criativa "The Shakespeare Tag”, criada pela Aline Aimée, e que a Eduarda, do Maquiada na Livraria, respondeu e me indicou (thanks!!). A ideia é escolher livros que tenham a ver com frases de obras famosas do bardo. Mãos à obra!

1. "Há algo de podre no reino da Dinamarca". (Hamlet) - Um livro de mistério/suspense favorito.
Mistério/suspense é o meu gênero preferido, então é bem complicado escolher apenas um título para esta categoria. Fuçando minha estante do Skoob e ponderando as leituras feitas, decidi pegar “Quarto” como resposta, já que é uma das histórias mais angustiantes e claustrofóbicas que já li. Recomendo fortemente para quem gosta do estilo.


2. "A vida (...) é uma história contada por um idiota, cheia de som e fúria, sem sentido algum". (Macbeth) - Livro absurdo ou sobre uma situação absurda, sem sentido.
Assim como a Eduarda, o primeiro livro que me vem à cabeça quando penso em história absurda é “A Metamorfose”. Mas para não ser tão óbvia, vou escolher “Coração Apertado”, que tem claras influências do Kafka.



3. "Podes crer-me que nada tão feliz me deixa como possuir um coração que não se esquece dos amigos". (Ricardo II) - Um livro sobre amizade.
Posso trapacear? Hahaha... estava demorando, né? É que pensei em dois livros sobre amizade que adoro, embora sejam diferentes. Então vou escolher os dois. O primeiro é o "Vidas Sem Rumo", que fala da amizade entre irmãos e entre membros de uma gangue de garotos pobres. Acho lindo demais! O outro é o "A Invenção das Asas", que fala da improvável amizade entre patroa e sua aia, ambas da mesma idade, e como essa relação foi se modificando ao longo dos anos. Tô sempre recomendando esse livro porque vale a pena.



4. "O lunático, o amante e o poeta são compostos tão somente de imaginação". (Sonho de uma Noite de Verão) - Um livro muito criativo ou original.
Esse é difícil. A Eduarda citou “A Mão Esquerda da Escuridão”, que, realmente é supercriativo. Concordo 100% com ela, mas vou escolher outro para não ficar repetitivo. Fico então com o “Almoço Nu”. Apesar de eu ter sofrido muito e não ter gostado tanto da leitura, não dá para negar que é absurdamente inovador em sua escrita, que coloca o leitor dentro da mente de um viciado.



5. "O resto é silêncio". (Hamlet) - Um livro que te deixou sem palavras, assoberbado.
Não sei o que responder a esta pergunta. Talvez livros que tenham causado reflexão? Que me deixaram remoendo uns questionamentos? Não sei. Vou escolher dois (olha eu roubando de novo) que me deixaram pensativa quando terminei a leitura: “Sob a Pele” e “A Ilha doDr. Moreau”. Ambos tratam de comportamentos humanos sob a ótica da ficção científica.


6. "O que é a honra? Uma palavra. O que há nessa palavra honra? Vento." (Henrique IV) - Um livro questionador ou com um personagem questionador.
Minha personagem questionadora é Clarisse McClellan, a garota que não segue os padrões da sociedade em "Fahrenheit 451". Gosto muito da história e principalmente dessa garota forte, que desperta a consciência do protagonista com suas observações simples.



7. "O mundo inteiro é um palco
E todos os homens e mulheres
Não passam de meros atores.
Eles entram e saem de cena
E cada um no seu tempo
Representa diversos papéis". (Como Gostais) - Uma peça favorita.
As peças do Shakespeare foram as primeiras a surgirem na minha cabeça. Mas minha escolha foi outra, claramente influenciada pelo fato de eu ter visto a encenação da história e de ter amado o livro: “Riverside Drive/Adultérios”. Nessa peça, Woody Allen mostra sua marca registrada: texto ágil e ácido, personagens perspicazes e neuróticos, situações absurdas e engraçadas. Adoro!


8. "A concisão é a alma do argumento". (Hamlet) - Um livro curto, mas intenso.
Nem pensei muito para responder a esta pergunta porque li “Seda” há algumas semanas e fui arrebatada por sua história curta e intensa. Se tivesse que escolher outro, minha opção seria “Breve Romance de Sonho”, outra história que se encaixa perfeitamente nesta categoria e que me surpreendeu positivamente.



E é isso. Quem gostou e quiser responder, depois deixe o link para eu ver as respostas :)

5 comentários:

Aline Aimee disse...

Que bom que respondeu, Michele!
Adorei as dicas, até porque não conheço a maioria dos títulos!
Fiquei muito interessada nos livros dos itens 1, 2 e 3.

Beijão!

Maira Neves disse...

Essa TAG é muito legal. Aí a ficção científica...ainda não nos encontramos. A mãos esquerda, Ilha do Dr. Moreau estão nessa lista infinita. Almoço Nu também, mas tenho a sensação de que não vai ser a minha praia.
Bjo grande!

Eduarda Sampaio disse...

Michelle, simplesmente amei suas respostas! Peguei várias dicas maravilhosas de livros com esse post.
Já estava curiosa para ler Seda e agora fiquei ainda mais.
Relembrei que preciso ler Farenheit 451.
Tenho curiosidade de ler Almoço Nu, apesar de achar que não vou gostar.
A Invenção das Asas é bom mesmo? Li A Vida Secreta das Abelhas e achei bem mediano.
Beijo! ^_^

Manu Hitz disse...

Oi, Michelle
Adorei a tag! Achei original, criativa e instigante. Além de ser uma ótima indicação de livros.
Tenho 'Quarto', mas ainda não tive coragem de ler... Sobre 'A invenção das asas', vc tem razão e eu tb indico a leitura, é uma história linda, real e que merece ser contada.
Mais uma maravilhosa lembrança de um livro curto, mas intenso e inesquecível, além de exótico: 'Seda'. Baricco já me encantou com 'Três vezes ao amanhecer', é um autor muito querido.
Anotei suas escolhas, vou verificar com carinho, mas de antemão já sei que 'Breve romance de sonho' vai pra minha lista.
Beijo!

Lígia disse...

Adorei suas escolhas, tem muitos livros aí que parecem ser ótimos. :)