quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Oscar 2014: Os Croods, Frozen, Ernest & Célestine

O último post da maratona do Oscar 2014 é dedicado a uma categoria que adoro: Animação. Assisti aos indicados logo no início da maratona, mas estava aguardando a estreia de “Vidas ao Vento” para poder falar de todos os filmes de uma vez. Infelizmente, como o longa continua em pré-estreia, ou seja, em 1 ou 2 salas e em horários esdrúxulos (meia-noite), não consegui ver ainda. Vou falar dos outros concorrentes e, quando tiver conferido o trabalho do Miyazaki, faço um post exclusivo para o filme. Por enquanto, fiquem com os comentários sobre “Os Croods”, “Frozen” e “Ernest & Celestine” (sobre “Meu Malvado Favorito” eu já tinha falado AQUI na época do lançamento).


Os Croods (The Croods) [Estados Unidos]

Sinopse:
Na pré-história, acompanhamos as aventuras dos Croods, uma família que segue, sem questionar, as regras ditadas pelo patriarca, Grug. A mais importante dessas regras é evitar o novo a qualquer custo. Ser um Crood significa viver sempre perto dos familiares, nunca fazer as coisas de um jeito diferente e jamais se afastar da caverna em que moram. No entanto, o planeta passa por transformações drásticas e, para sobreviver, os Croods são obrigados a se lançar no desconhecido e a mudar sua forma de pensar.

O que eu achei:
Embora os questionamentos propostos pelo filme sejam válidos (contraposição entre o antigo e o novo, medo do desconhecido, importância das tradições, a rebeldia adolescente) e haja algumas cenas divertidas, achei o filme mediano apenas. Nenhum personagem me encantou completamente, as músicas não são marcantes, a floresta parece reciclada de outros filmes. Não é ruim, mas, de todos os concorrentes, considero "Os Croods" o mais fraco.


Indicações:
Melhor Animação

Minha aposta:
-

Frozen – Uma Aventura Congelante (Frozen) [Estados Unidos]

Sinopse:
As irmãs Anna e Elsa eram inseparáveis. Um dia, enquanto brincavam, um acidente causado pelo poder especial de Elsa quase mata a irmã caçula. Mortificada pela culpa, ela se afasta da irmã e passa os dias trancada em seu quarto. A separação das duas dura anos e um novo acidente ocorrido no dia da coroação de Elsa congela o reino todo. Desesperada, ela foge para as montanhas. Mas desta vez, Anna decide que não vai deixar a irmã se afastar novamente, e parte atrás dela ao lado dos novos amigos Kristoff e Olaf.

O que eu achei:
Confesso que não me interessei muito por "Frozen" na época do lançamento. Só decidi assistir por causa de indicação ao Oscar. Bendita indicação! Se não fosse por isso, teria deixado de ver um filme lindo, que fala sobre amizades sinceras, desprendimento, amor fraterno, isolamento provocado por medo e culpa. Além da história edificante, o filme conta ainda com uma trilha sonora repleta de canções que trazem de volta o espírito dos clássicos Disney mais tradicionais. Uma ótima surpresa!


Indicações:
Melhor Animação

Minha aposta:
-
[#vejamaismulheres]

Ernest & Célestine (Ernest & Célestine) [França]

Sinopse:
Célestine é uma ratinha que cresceu ouvindo histórias aterrorizantes sobre os ursos, inimigos dos ratos desde sempre. Questionadora, ela nunca acreditou no que lhe era dito. Um dia, seu caminho cruza com o de Ernest que, vejam só, é um urso. Embora pertençam a mundos diferentes e que pregam a intolerância entre as espécies, eles desenvolvem uma bonita amizade, que estremecerá as crenças dessas duas sociedades.

O que eu achei:
Histórias de amizade em que os personagens superam todo tipo de dificuldade e preconceito têm lugar cativo no meu coração. Se a forma de apresentação for uma animação, as chances de eu gostar duplicam. E se a animação for tradicional então... é quase certo que a produção terá meu amor eterno. No caso de “Ernest & Célestine”, todos os requisitos anteriores são atendidos em um filme visualmente delicado, divertido e que deixa uma lição de respeito no final. Até agora, meu favorito nesta categoria.


Indicações:
Melhor Animação

Minha aposta:
Não acho que leve a estatueta, embora seja a minha aposta (até o momento).

*********************

Para ver a Lista de Indicados ao Oscar 2014 e suas respectivas resenhas, clique AQUI


5 comentários:

Sarah disse...

Ainda não vi Ernest & Célestine, mas o estilo de animação é lindo demais. Não sei quanto ao roteiro, preciso ver para opinar rs...

Sobre Miyazaki.... amor eterno. Temos aqui A Viagem de Chihiro e recentemente assistimos Ponyo, que é um amor! Mas ainda preciso ver Vidas ao Vento.

Sobre Croods: eu gosto muito desse. Achei divertido, com piadas inteligentes (algumas óbvias, mas pensando nas crianças, faz sentido). Os animais malucos são bem criativos, super condizente com a época relatada no filme (sober a qual a ciência sabe pouquíssimo, então os animadores puderam pirar). E Bento, meu termômetro infantil, adora.

Sobre Frozen: vi no cinema com Bento. E confesso que só fui gostar da metade pra frente. A cantoria típica da Disney atrapalhou um pouco eu acho. Juro que estava perdendo a paciência rs... Bento pediu pra sair do cinema e só não desistimos porque bem na hora apareceu o Olaf. Daí pra frente o filme ficou ótimo, com tudo que vc destacou aqui. E as apostas todas estão indo pra Frozen, vamos ver né?!

Lígia disse...

Ernest & Celestine parece ser uma fofura. Pena que é o tipo de filme que dificilmente passará nos cinemas daqui.

Ainda não vi nenhum dos indicados, mas tenho curiosidade em ver Frozen e Os Croods e quero muito assistir Vidas ao Vento quando estrear para valer (acho que já é nessa sexta).

mm amarelo disse...

Michele, construi um carinho muito especial por "Ernest e Celestine", mas acho difícil ele levar :(
Gostei de "Frozen" e estou esperando para ver "vidas ao vento" e muito ansiosa por isso, rs.

beijo grande,

Michelle disse...

Sarah,
De todas as animações citadas, realmente "Os Croods" é a que tem um visual com maior apelo infantil. O Bento deve ter se divertido mesmo. E as cantorias de Frozen não são para todo mundo. Tem que gostar do estilo.

Lígia,
Ainda não consegui assistir Vidas ao Vento :(
Você conseguiu?

Maira,
Sabia que não levaria, mas continua sendo meu preferido ;)

Paola Sánchez disse...

Embora seja um filme infantil, ir para Frozen é uma história convincente pela história, pelas suas personagens.O meu favorito é Olaf, ator de voz Josh Gad, que faz parte do mesmo filme Padrinhos Ltda . Frozen é um filme da Disney que vai deixar a sua marca por um longo tempo e ele definitivamente parece ter mais versões.