terça-feira, 15 de outubro de 2013

E o tema é . . . Filmes de Professor

Olá, gente boa!

Tudo certo com vocês? O “E o tema é...” de hoje é uma homenagem aos queridos professores. No ano passado, dediquei o post comemorativo a um dos filmes mais famosos sobre o assunto: “Ao Mestre com Carinho”. Agora, fiz uma pequena seleção com mais 5 produções que exaltam esse profissional tão importante e tão desvalorizado.

Sigam-me os bons!

Nunca Desistas (Won’t Back Down, 2012) [Estados Unidos]
Trailer (legendas em português de Portugal)  - O filme não estreou no Brasil
Este é um ótimo exemplo de envolvimento de toda a comunidade para exigir melhorias do sistema de ensino. Mostra a luta de uma mãe solteira pobre e trabalhadora que faz de tudo para conseguir uma turma especial ou um professor dedicado que ajude sua filha a superar a dislexia. Ao seu lado está uma professora que também se sente indignada, como mãe e como profissional, com o baixo nível de qualidade da escola em que trabalha. Para conseguir usar uma brecha da lei americana e tomar a direção da escola, elas enfrentam todo tipo de burocracia, a resistência do sindicato dos docentes e a falta de interesse dos pais em participar da vida escolar dos filhos. Embora seja meio maniqueísta, acho um filme válido por mostrar que o problema da educação é um assunto a ser resolvido não apenas por professores e que precisa, sim, da colaboração dos pais. Baseado em uma história real.

O Substituto (Detachment, 2011) [Estados Unidos]
Trailer
O professor aqui é vivido por Adrien Brody, um profissional brilhante e centrado que enfrenta todas as adversidades das salas de aulas sem se deixar abalar. Apesar de ter qualificação de sobra para assumir uma cadeira de titular, problemas pessoais e um passado conturbado fazem com que ele prefira ser apenas um substituto, sem se apegar a nada ou a ninguém. No entanto, seu isolamento é quebrado por uma jovem prostituta que cruza seu caminho e seu escudo protetor cede quando ele se depara com uma aluna talentosa e injustiçada. Um filme que me surpreendeu pelo rumo que tomou, pela crueza, pelas dores dos personagens. Não posso falar muito para não estragar a surpresa, mas foi um dos melhores filmes que vi este ano. Simplesmente imperdível.

Escritores da Liberdade (Freedom Writers, 2007) [Estados Unidos]
Trailer
Baseado em uma história real, que deu origem ao best seller de mesmo nome, "Escritores da Liberdade” conta como uma professora jovem, bem nascida e determinada transformou a vida de alunos pobres que refletiam em sala de aula a selvageria que vivenciavam nas ruas: disputas de gangues, segmentação por raças, falta de perspectivas. Ao dar voz aos jovens, que se transformaram em protagonistas de suas próprias histórias, registradas em cadernos simples distribuídos pela professora, ela conseguiu fazer com que cada um enxergasse o ponto de vista dos outros colegas e percebesse o quanto seus dramas e dificuldades eram parecidos. Uma história comovente de uma professora que não se deixou abater pela animosidade dos alunos nem pela falta de vontade e descrença dos colegas de trabalho.

Half Nelson - Encurralados (Half Nelson, 2006) [Estados Unidos]
Trailer (em inglês, sem legenda)
Ryan Gosling (ele de novo!) foi indicado ao Oscar e ganhou outros 2 prêmios por sua interpretação do professor idealista que não segue o programa padrão da escola e se esforça para estabelecer uma relação com os alunos. Embora seu desempenho dentro da sala de aula seja impecável, fora dela o professor está longe de ser um exemplo. Aos poucos, seu vício em drogas acaba se refletindo nas aulas e, inesperadamente, a ajuda vem de onde ele menos esperava: de uma de suas alunas adolescentes, que ele queria salvar do mundo do tráfico. Mais um filme tocante que mostra um professor humano, cheio de falhas, e o nascimento de uma amizade improvável.

Sociedade dos Poetas Mortos (Dead Poets Society, 1989) [Austrália]
Trailer
Eu não podia deixar de fora este clássico absoluto! Lá nos idos dos anos 50, um ex-aluno se torna professor em uma das escolas preparatórias mais famosas dos Estados Unidos. Cheio de vontade, ele quer que os estudantes pensem por si mesmos e, para tanto, utiliza métodos nem um pouco convencionais. Claro que isso não agrada aos antiquados e ortodoxos diretores. Acho que não conheço ninguém que ainda não tenha visto esta pérola da “Sessão da Tarde”. Quem ainda não viu, vá atrás e prepare-se para ver uma história cheia de cenas memoráveis.

Para quem gosta do tema, indico um outro filme sensacional que já passou por aqui: “A Onda”. Além desse, também recomendo "A Língua das Mariposas". Lindo, lindo!

Qual é o filme de professor favorito de vocês?


7 comentários:

Nice disse...

Oi Michelle,

tem um filme, com a Michelle Pfeiffer, chamado Mentes Perigosas. Lembro muito dele porque tive até que fazer trabalho na faculdade sobre o tema.
Adorei as dicas...aproveito pra tirar uma dúvida...vc gosta de quadrinhos?

Beijos.

Michelle disse...

Nice,
Esse é clássico também! Aliás, vai passar hoje à tarde no Telecine.
Não sou a maior fã de quadrinhos do mundo, mas tenho interessado bastante ultimamente. Se tiver umas dicas, pode me passar, viu?

Luara Cardoso disse...

Ótimos filmes, Michelle! O Escritores da Liberdade é ótimo, vejo repetidamente! *-*
Tem aquele com a Cameron Diaz também, Professora Sem Classe. Mas aquela é o contrário que qualquer professor deveria ser! haha :)

Um beijo,
Luara - Estante Vertical

Maura C. Parvatis disse...

O meu preferido, sem dúvidas, é Escritores da Liberdade... Foi esse filme que me fez querer ser professora :)
Entre os muros da Escola também é outro que gostei muito de assistir.
Eu ainda não assisti Sociedade... Ô vergonha, pra não dizer que não conheço a história já assisti uns trechos que achei na internet, mas nunca o filme completo :\
Fiquei curiosa para ver O Substituto e Half Nelson :)

Beigos!

Michelle Henriques disse...

Mi, que seleção linda que você fez!
"Half Nelson" é um dos filmes da minha vida. Ryan Gosling está incrível nele.
"O Substituto" foi uma grata surpresa. O filme acabou e eu fiquei chorando por mais umas duas horas.
E o que falar de "Sociedade dos Poetas Mortos", né? Clássico mais que absoluto!
Beijos

Chris Ferreira disse...

Oi MIchele,
Sociedade deos Poetas Mortos é lindíssimo. Fiquei curiosa para ver Nunca Desistas.
Eu como mãe de meninas, no universo infantil, tem A Professora Maluquinha que é bem legal.

beijos
Chris
Inventando com a Mamãe

Michelle disse...

Luara,
Esse da Professora sem Classe é legalzinho, mas não é nada edificante, né? Colocaria ele junto com "Escola de Rock"...rs

Maura,
"Entre os muros da escola" está na minha lista.

Michelle,
"O substituto" me deixou abalada por dias. Muito bom mesmo!

Chris,
"A professora maluquinha" é bem legal para um público mais novinho mesmo. Boa lembrança!