segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

E o tema é... Livros de Natal


Entrando no clima natalino, resolvi reunir em um único post 5 histórias temáticas, embora o estilo varie bastante: tem drama, mistério, terror e livro infantil. Qual o seu preferido?

O Clube do Biscoito (Ann Pearlman)
Sinopse: Doze amigas que se reúnem todos os anos perto do Natal para comer, trocar receitas e conversar. Chefiadas por Marnie, a biscoiteira-líder, as mulheres preparam 13 dúzias de biscoitos, que são distribuídos entre elas e também para uma casa de caridade. As receitas contam um pouco dos acontecimentos que marcaram o ano de cada uma. Recheado de histórias de problemas amorosos, financeiros, profissionais e de saúde, o livro fala, no fundo, do poder de superação de mulheres que apoiam umas às outras por meio dessa rede de amizade.

O que eu achei: O livro tinha todos os ingredientes para uma receita memorável – comida, amigas, espírito natalino. No entanto, achei melodramático demais. OK, a autora diz que a maioria dos eventos foi inspirada em fatos e/ou pessoas reais, mas é muita desgraça de uma vez. Pontos positivos: no início de cada capítulo, há uma receita de biscoito e um pouco da história de alguns ingredientes, como chocolate, canela, baunilha.

Feliz Natal (Patrícia Melo)
Sinopse: Neide é uma das faxineiras mais antigas da universidade e já sabe de cor o funcionamento do laboratório. Observadora e dedicada, com o tempo ela aprendeu os procedimentos de limpeza das gaiolas, alimentação e descarte dos animais. Além disso, conhece bem os cientistas, sabe com quais puxar conversa e com quais limitar o assunto a amenidades. É véspera de Natal e ela quer terminar logo o serviço e ir para casa preparar a ceia, mas o doutor de plantão parece que quer arruinar seus planos...

O que eu achei: Em poucas páginas, Patrícia Melo conseguiu criar uma história que passa da rotina repetitiva e sem surpresas de um laboratório para a tensão e, por fim, chega a um desfecho triste e incômodo. Foi minha história de Natal favorita.

Dia de Folga (John Boyne)
Sinopse: Às vésperas do Natal, um jovem soldado inglês enfrenta a dura realidade nas trincheiras da Primeira Guerra Mundial, enquanto relembra com ternura dos feriados passados com a família, cogita fugir e analisa a situação em que ele e seus companheiros se encontram.

O que eu achei: O conto é interessante por mostrar o contraste das lembranças felizes com a realidade cruel da guerra, mas não conseguiu me prender. Ponto positivo: como eu só conhecia a escrita do John Boyne em “O menino do pijama listrado”, achei bacana entrar em contato com uma faceta mais adulta do seu trabalho.

A Última Ceia – Um Conto de Terror Natalício (Ana C. Nunes)
Sinopse: Família reunida para a tradicional ceia de natal. Entre lembranças e o desconforto causado pelo encontro forçado entre pessoas sem muita afinidade, tudo transcorre como o esperado. O prato principal é uma delícia que agrada a todos, mas o ingrediente é inusitado e, por causa dele, o bucólico jantar se transforma em uma noite de terror.

O que eu achei: O conto começa bem, descrevendo perfeitamente os incômodos dessas reuniões familiares com parentes distantes. A parte do terror poderia ter sido mais bem desenvolvida. A edição digital que eu li tinha outra capa, que já estraga de cara o mistério.

Cartas do Papai Noel (J. R. R. Tolkien)
Sinopse: Ao longo de 23 anos, todo Natal Tolkien escreveu cartas para os filhos como se fosse o próprio Papai Noel. A cada ano, o bom velhinho contava as novidades e as trapalhadas do Urso Polar, seu fiel ajudante. Como se não bastasse, cada cartinha ainda era ricamente decorada, às vezes pelo próprio Noel, às vezes pelo Urso Polar.

O que eu achei: Simplesmente encantador. Tolkien conseguiu cultivar a magia em seus filhos ao longo de anos. Ri muito das confusões do Urso, da rabugice do Papai Noel e das batalhas entre gnomos e duendes. Mesmo nesse mundo de faz-de-conta, o autor não deixou de mencionar a tristeza e os problemas causados pela Segunda Guerra Mundial. As ilustrações são lindas. Na edição em português, foram mantidas as cartas originais, com a caligrafia tremida de Noel, e inseridas as traduções logo na sequência, o que facilita a leitura, já que eu teria certa dificuldade para entender aquela letra torta... rs.

Mais Natal no blog:

5 comentários:

Pipa disse...

Adorei a lista, Michelle! :)

beijo e feliz natal!

Pipa

Lígia disse...

Não gosto muito do Natal, por isso os livros que mostram o lado ruim da celebração me atraíram mais, principalmente o da Patrícia Melo.

Maura C. Parvatis disse...

Tenho mó vontade de ler "Cartas do Papai Noel" :D

Beijos

livroseoutrasfelicidades disse...

Que lista legal! O que me deixou mais curiosa foi o de cartas do Tolkien! E, aproveitando, feliz Natal (atrasado) e um excelente começo de ano!!! bj

Michelle disse...

Pipa,
Tentei variar para agradar a gostos diferentes.
Um ótimo 2015 pra você!

Lígia,
Pois é. O da Patrícia Melo me conquistou justamente por fugir do clima de paz e amor de fim de ano.

Maura,
Eu peguei para ler por acaso e fiquei encantada. Acho que você vai gostar!

Julia,
O do Tolkien foi uma descoberta, já que nunca pretendi ler nada do autor.
Um 2015 excelente pra você!