domingo, 8 de janeiro de 2012

Desafio Literário 2012: Chocolate Amargo - Uma Autobiografia (Gordon Ramsay)

Fiquei sabendo do Desafio Literário no final do ano passado e decidi participar. O primeiro tema proposto não poderia ser mais saboroso: Literatura Gastronômica. Logo me veio à mente um livro que estava na estante há alguns meses e que se encaixava como uma luva no tema de janeiro: Chocolate Amargo, uma autobiografia do Chef Gordon Ramsay.

 “Chefs são como cachorros: não gostam de ter adversários em seus territórios”
[página 115]

Eu adoro programas culinários. Desde que vi o chef Gordon xingando e esculachando os participantes de programas como Hell’s Kitchen e Kitchen Nightmares me apaixonei. Quem já viu algum desses programas sabe do que eu estou falando. Suas atitudes grosseiras, seu temperamento explosivo e sua boca suja o caracterizam como o típico babaca-folgado-irritante. Mas até onde o que vemos na TV é o Gordon Ramsay real e o que é encenação?

Gordon Ramsay teve uma infância pobre e sofrida. Seu pai era um alcoólatra com temperamento violento que queria ser cantor de country. Ele não parava em emprego nenhum, batia em Gordon, em seus 3 irmãos e em sua mãe e os arrastava para todo lado, pois estavam sempre sendo despejados. Com isso, ainda pequeno e sem saber ao certo como seria seu futuro, Gordon Ramsay só tinha uma certeza: não seria um bêbado violento como seu pai.

A primeira chance que teve de construir uma carreira foi como jogador de futebol no time juvenil do Rangers, um famoso time inglês. Tudo estava indo bem, mas uma série de lesões tirou esse sonho do alcance de Gordon. Sem ter muitas outras alternativas, ele acabou fazendo um curso de gastronomia patrocinado pelo Rotary Club e descobriu ser bom nessa arte. Isso só serviu para deixar seu pai ainda mais bravo com ele, pois nas palavras de seu pai “cozinhar é para boiolas”. Com isso, Gordon sai de casa e vai morar com uma de suas irmãs em um apartamento fornecido pela assistência social, e assim o objetivo de sua vida passa a ser a obtenção de três estrelas no Guia Michelin, o guia de restaurantes mais respeitado do mundo que premia e classifica os estabelecimentos como restaurantes de uma a três estrelas.

Quem vê Gordon Ramsay em seus programas na TV e conhece os vários restaurantes com estrelas no Michelin que ele administra não imagina o quanto foi difícil chegar a esse nível. Sem nunca fugir do trabalho pesado, ele trabalhou duro, chegou a dormir apenas 2 horas em uma época da vida, deitando no chão do restaurante para estar lá bem cedo e receber os suprimentos. O importante para ele era trabalhar com grandes chefs, aprender tudo o que pudesse, aprimorar suas técnicas.

Lendo a biografia do chef Gordon Ramsay, passei a admirá-lo ainda mais, pois ele pode ser um babaca-folgado-irritante, mas é um babaca-golgado-irritante perfeccionista. E vocês sabem... para perfeccionistas, se decidir fazer uma coisa, que ela seja 100% perfeita ou então é melhor nem fazer nada. Menos do que perfeito não é admissível. E é por isso que ele se desespera vendo gente preguiçosa fazer as coisas de qualquer jeito, servindo comida vencida ou queimada, mentindo para os clientes.

“Mentir é o maior pecado que se pode cometer em uma cozinha. Trabalhar com alguém que mente é pior que trabalhar com alguém que não sabe cozinhar”.
[página 83]

Por isso eu digo: Como não amar esse homem que cozinha bem, odeia mentiras, é perfeccionista e ainda tem aquele sotaque lindo?

Detalhes do Livro
Título: Chocolate Amargo - Uma Autobiografia
Autor: Gordon Ramsay
Editora: BestSeller
No. de Páginas: 249

16 comentários:

Ana Leonilia disse...

Oi, Michelle :) Eu não conhecia o livro. Sabe, eu tive vontade de participar do desafio literário, mas qdo fui me inscrever, já tinha terminado as inscrições. :/

Pra alcançar o sucesso e o reconhecimento tem que ter mesmo muito dedicação, amor pelo que faz e paciência.

Ótima resenha!

Bjs ;)

Naniedias disse...

Nossa, que interessante esse post =D
Não conhecia esse chefe (nunca vi nenhum desses programas, embora já tenha ouvido falar deles).
Realmente quando vemos uma pessoa que faz sucesso, dificilmente paramos para pensar nas dificuldades que essa pessoa enfrentou para chegar onde está!


Beijos,
Nanie
Nanie's World

Biazinha disse...

Esse livro deve ser muito bom!!!! fiquei muito curiosa...
Parabéns pelo post..

Liachristo disse...

boa tarde, vim conhecer seu espaço através do grupo Círculo do Livro, no face e gostei bastante.
Parabéns pela resenha. Bjus
Lia Christo
www.docesletras.com.br

bibs disse...

eu conheço ele de vista, por assim dizer. não vejo muitos programas de culinária pela tv, quando me interesso por algum prato recorro mesmo a videos na internet.
mas adorei a resenha, acho interessantíssimo pegar biografias, conhecer histórias de vida como essa, cheia de superação :)
parabéns pela resenha!

beijos
bibs

Jéssica Campos disse...

Acabei de jantar e já estou morrendo de vontade de comer alguma coisa só de imaginar ler esse livro.

Não deve ter tanta coisa sobre comida mas de imaginar que ele trabalha com isso já viu, né?

Adorei sua resenha, muito boa mesma.

Nunca li um livro de autobiografia, somente biografias e poucas, porque digamos que não é a vida de todo mundo que me interessa a ponto de ler um livro.

Mas pela sua resenha é uma boa dica caso eu resolva algum dia me arriscar a ler algum livro desse gênero.

Beijosss
http://frozenlivros.blogspot.com

Aline disse...

oiii, eu vim do clube do livro do face1
Eu ainda não conhecia o livro parece bem interessante!
Eu não costumos ler muitas biografias... :(
Bjs

livroseoutrasfelicidades disse...

Oi, Michelle.
É, parece que você fez uma escolha bem mais acertada que a minha!
Seu blog é muito legal, parabéns!
bj
Júlia

cafetpm disse...

Eu tb não costumo ler biografias, mas parece ser bem interessante. O legal é que assim entendemos melhor o jeitinho dele né? rs

Mayllee-Chan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mayllee-Chan disse...

Gostei da resenha Mi.
Sabe, li para o desafio desse mês, o Clube das Chocólatras, e tem uma passagem do livro em que a personagem menciona esse cara!^_^

E se você é Chocólatra, dá uma olhada nisso:
http://devaneiosnofirmamento.blogspot.com/2012/01/pecado-delicia-segredo-de-chocolate.html
Não vai se arrepender! É muito BOM!

Mayllee-Chan disse...

Então, ela faz um comentário pequeno sobre o "chef famoso da TV que xinga pra caramba". Não menciona o nome dele, mas não imagino que seja outro!^_~

Larissa Bohnenberger disse...

Tô curiosa para conhecer o tal babaca-perfeccionista... Rsrsrsrsrsrs!

Legal encontrar algumas resenhas de livros diferente dos lidos pela maioria...

Bjs!

Larissa, Lara, Lalá, .... disse...

Gosto muito dos programas dele, e com certeza vou gostar do livro. Muito boa resenha.

Vivi disse...

Os programas dele são divertidos. Ótima escolha de leitura!

Gaby Rodrigues disse...

Oi pessoal,eu já vi esse livro e minha curiosidade de lê-lo está aumentando cada vez mais.
Tem gente que acha que ele é grosseiro,mas acho que ele grita com os chefs porquê quer que seja perfeito e que tudo dê certo no final,para ele,para a família e sua equipe.
Se deve pensar duas vezes antes de julgar os atos dos outros,pois a gente não sabe pelo o que a pessoa está passando...
Parando Gentilmente por aqui,
Gaby