terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Desafio Literário 2012: Caim (José Saramago)


“Caim”, livro de José Saramago, publicado em 2009, nos apresenta a visão do autor sobre várias histórias do Velho Testamento, desde a criação de Adão e Eva e expulsão da dupla do paraíso, o assassinato de Abel por seu irmão Caim, que recebe uma marca na testa e é condenado a vagar por lugares inóspitos, a torre de Babel, a construção da Arca de Noé, e muitas outras. Nosso protagonista vai montado no lombo de um jegue e presenciando episódios bíblicos em diversas ocasiões, pois viaja no tempo.


Com sua veia irônica, Saramago expõe alguns dos absurdos contidos nas histórias bíblicas, o que obviamente desagrada (e muito!) os católicos mais fervorosos.  O que as pessoas não entendem é que Saramago não tem a intenção de ofender ou ser desrespeitoso, apenas mostrar sua interpretação e levar à reflexão. Muito além da temática religiosa, as discussões entre Caim e Deus nos mostram como Caim é perspicaz e não aceita calado os mandos e desmandos de Deus, levantando questões de cunho filosófico como, por exemplo, o livre arbítrio:

“Que fizeste com teu irmão, Mataste-o, Assim é, mas o primeiro culpado és tu, eu daria a vida pela vida dele se tu não tivesses destruído a minha, Quis pôr-te à prova, E tu quem és para pores à prova o que tu mesmo criaste, Sou o dono soberano de todas as coisas, E de todos os seres, dirás, mas não de mim nem da minha liberdade, Liberdade para matar, Como tu foste livre para deixar que eu matasse a Abel quando estava na tua mão evitá-lo, bastaria que por um momento abandonasses a soberba da infalibilidade que partilhas com todos os outros deuses, bastaria que por um momento fosses realmente misericordioso, que aceitasses a minha oferenda com humildade...”
(página 34)

Achei sensacional e recomendo "Caim”, principalmente a quem nunca leu nada de Saramago e quer ter contato com seu estilo de escrita peculiar, suas críticas sociais mordazes e narração bem-humorada. Também é uma ótima opção para quem estiver procurando um livro bacana para ler no mês de junho do Desafio Literário 2012: Viagem no Tempo.

Este post faz parte do Desafio Literário 2012 - Tema de Fevereiro: Livros com Nome Próprio (de Pessoas) no título. Para ver minha Lista de Livros Selecionados e outras resenhas, CLIQUE AQUI.

4 comentários:

Mi Müller disse...

Oi xará, também li Caim para o Desafio Literário e adorei, fazia um tempão que ele estava por aui nem sei porque demorei tanto para ler, foi uma ótima escolha.
estrelinhas coloridas...

Karla disse...

Quero muito ler esse livro. O Saramago não ganhou o prêmio Nobel por acaso. E mais do que isso, acho que ele realmente mereceu. Alguns autores são só pops o bastante ou cults o bastante, mas ele é os dois e de um modo acessível. Com as suas obras reflexões que temos, e negamos , são levantadas. Ou seja um monstro da literatura.
Chega de rasgação de seda, quero muito ler esse livro e a sua resenha me fez querer pra já...hahahaha
bjs!

danamartins disse...

Toda vez que eu vejo algo do autor eu fico "eu tenho que ler, eu tenho que ler...", mas como eu disse lá no dos clássicos, eu fico enrolando. Eu decidi começar com Alice no País das Maravilhas (que entra na lista desses que eu "não consigo") e faz meses que tá aqui na minha estante. Não consigo me forçar a começar. '-'

Natalie Baptiste disse...

Oi, muito obrigado pela visita lá no blog. Nunca tinha me interessado em ler este livro, até ler sua resenha é claro.
Amei o blog, tô seguindo tah???