quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Desafio Literário 2012: Contos do Terror (Edgar Allan Poe)


Esta edição de "Contos do Terror" de Edgar Allan Poe traz 7 contos: O gato preto, A queda da casa de Usher, O enterro prematuro, O coração denunciador, Uma descida no Maelström, O manuscrito encontrado numa garrafa, e O poço e o pêndulo. Em todos os textos o clima sombrio e os cenários assustadores são apenas coadjuvantes para o protagonista real de todas as histórias: o terror psicológico. Os narradores de todos os contos contam suas experiências ao leitor já sabendo que, muitas vezes, sua sanidade será colocada em xeque. Os eventos apresentados são tão surreais que nem mesmo os narradores têm certeza do que de fato aconteceu, fazendo com que pesadelos, alucinações e loucura sejam a tônica determinante das tramas.

“Para o mais louco e ao mesmo tempo mais simples conto que quero escrever, não espero que alguém me acredite. Estaria louco se esperasse por isso num caso em que meus próprios sentidos recusam o que diretamente experimentaram.”
(Trecho inicial de O Gato Preto)

Não pretendo apresentar aqui resenha para cada um dos contos, apenas compartilhar algumas observações gerais sobre as histórias. Como eu disse lá no parágrafo inicial, o fator psicológico é o mais importante nas tramas. Os personagens frequentemente passam por uma mudança de comportamento sem justificativa racional, começam a sentir-se perseguidos, desafiados, impelidos a cometer crimes. Nesses casos, após o crime eles conseguem um alívio de curta duração e sentem até orgulho do feito, mas logo são acometidos pela culpa/remorso e acabam se entregando.

Quando não é a culpa/remorso que arruína os personagens, é o medo do inexplicável que os leva à loucura, que os faz envelhecer, adoecer e, muitas vezes, morrer. As contradições, as angústias e a luta entre o bem e o mal dentro de cada um são constantes. O clima de alucinação é tão forte que ultrapassa os personagens e contamina o leitor. Não há como saber o que de fato aconteceu. Basta conhecer os relatos e se compadecer das desgraças alheias ou apenas sentir-se bem pelo malfeitor ter recebido o que merecia por ter praticado atos cruéis.

Desta coletânea, os meus preferidos foram O Gato Preto (pelo clima de terror trash), A Queda da Casa de Usher (pela excentricidade da doença - "hipersensibilidade mórbida") e O Poço e o Pêndulo (pela situação extremamente aflitiva do protagonista).

Clássico do terror a preço popular (faz parte da coleção Fantásticos Econômicos Newton – R$ 2,00 na banca de jornal).
***********

Este post faz parte do Desafio Literário 2012 - Tema de Agosto: TerrorPara ver minha lista de livros selecionados e outras resenhas já postadas, CLIQUE AQUI. 

7 comentários:

Jacqueline Braga disse...

Eu adoro os contos do Poe, o meu preferido destes é O poço e o pêndulo. Estou com uma coletânea de contos dele aqui e pretendo ler em breve.
bjos

Ana Leonilia disse...

Oi, Michelle :)
Eu já li Poe e lembro que na época da escola todo mundo na sala fez um trabalho sobre o conto "O Gato-Preto", escolhido quase que por unanimidade, de tanto que a turma gostou.

Bateu vontade de reler.

Bjs ;)

Raíssa disse...

Destes desse livro, só li mesmo "O Gato Preto"... "A Queda da Casa de Usher" ouvi falar muito na faculdade, até baixei da internet pra ler, mas não li até hoje (shame on me).

Gosto bastante de E. A. Poe, os contos dele são assustadores mesmo... Vou criar vergonha na cara e ler os contos dele que tenho aqui! XD

bjs!

Thaís Cavalcante disse...

Poe e "fatores psicológicos" (estranhos) caminham juntos. Li apenas um ou dois contos dele, mas faz muito tempo. Olha e te dizer, parece ser um ótimo achado, pelo preço e pela preciosidade que é Allan Poe.

Um beijão,
Pronome Interrogativo.
http://www.pronomeinterrogativo.com

Luara Cardoso disse...

Oi Michelle!
O que eu acho fantástico nos contos do Poe é exatamente esse terror psicológico. Acho fantástico autores que conseguem fazer isso.
Curti essa edição com vários contos.

Um beijo,
Luara - Estante Vertical

Gabriela Orlandin disse...

Eu já devo ter comentado aqui um zilhão de vezes que livrosde terror não me interessam muito. Mas esse REALMENTE me interessou. Desde que li A menina que não sabia ler, que citava vários trechos de Poe, que estou querendo ler alguma obra dele. Pela sua resenha, me parece que é uma leitura ótima, que prende e bem diferente do que costumamos ver por aí.
Adorei o precinho, hein! Haha.
Beijos.

Michelle disse...

Jacque,
O Poço e o pêndulo me deixou muito tensa! Fácil se imaginar passando por aquele horror.

Ana,
O gato preto é quase tão famoso quanto O corvo, né? Mas acredita que ainda não tinha lido?

Raíssa,
É daqueles famosos que a gente deveria ler logo, mas fica empurrando para depois. Pena.

Thaís,
O terror psicológico é o que mais me assusta. Ah sim, o precinho é mágico!

Luara,
Eu gosto de contos. Acho um formato agradável.

Gabi,
Hahaha... realmente vc não combina muito com terror. Mas acho que você vai gostar pelo menos de alguns contos. Vale a pena ;)