quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Desafio Literário 2012: Asterios Polyp (David Mazzucchelli)


Asterios Polyp é um arquiteto cinquentão famoso por seus projetos premiados, mas nunca executados, que dá aulas em uma universidade. Um dia, sua casa é destruída por um incêndio e, com a roupa do corpo e uns poucos objetos que conseguiu salvar, ele parte em uma jornada de autoconhecimento que o leva até o interior dos Estados Unidos, onde ele passa a trabalhar como mecânico e a morar em um quarto na casa da família de seu empregador. Despido de suas posses e de sua arrogância, Asterios relembra o passado e analisa suas atitudes e comportamentos que fizeram com que se tornasse uma pessoa bem-sucedida, porém infeliz.

Asterios tem uma ex-mulher chamada Hana, uma artista talentosa, mas tímida e insegura, frequentemente criticada e desacreditada pelo marido. A princípio encantada pela inteligência e confiança de Asterios, com o passar dos anos ela começa a ver seu lado presunçoso e desencorajador, até o dia em que outra pessoa reconhece suas qualidades e a deixa brilhar. Isso põe um ponto final na história de amor desgastada do casal.

O dia em que se conheceram: personagens não se mostram por inteiro -  possibilidades
A genialidade da graphic novel começa pela narração feita pelo irmão gêmeo natimorto de Asterios, Ignazio. Esse narrador inusitado representa apenas uma das várias dualidades que permeiam a trama: dois irmãos, razão x emoção, formas geométricas x formas orgânicas, realidade x imaginação, etc. As duas faces também são indicadas pelos traços diferentes dos personagens, que ilustram sua forma de agir e pensar. Enquanto Asterios é representado por traços azuis, frios e geométricos, Hana é mostrada em traços rosas, vivos, orgânicos. A tipologia usada para cada personagem também é distinta.

Dualidade: a personalidade de cada um
“Asterios Polyp” tem um enredo de aprendizado e crescimento de um homem que tinha o mundo aos seus pés, mas jogou fora a felicidade por ser convencido demais. Suas reflexões e mudanças, no fundo, têm como objetivo recuperar o amor de sua vida.

A altivez estragando tudo
*********

Este post faz parte do Desafio Literário 2012 - Tema de Outubro: Graphic NovelPara ver minha lista de livros selecionados e outras resenhas já postadas, CLIQUE AQUI. 

3 comentários:

Raíssa disse...

Meo, tô com muita vontade de ler esse quadrinho já faz um tempo, mas nem sabia do que se tratava. Me interessei mais por causa das cores e do traço. Depois de ler sua resenha, deu mais vontade ainda de ler!

bjs bjs!

Lígia disse...

Ótima resenha. Essa coisa de ter traços diferentes representando os dois personagens é muito interessante.

Michelle disse...

Eu estava a fim de ler há tempos, mas sempre empurrava para o fim da fila. O Desafio foi a desculpa perfeita para ler o livro. É bem bacana mesmo.
bjo