terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Série: Bag of Bones

Olá, pessoas!

Como foram de Natal?
Preparados para a virada?

Eu estou aproveitando minha semana de ócio total para realmente fazer nada. Num dos meus passeios pela internet, dei de cara com a minissérie "Bag of Bones". Para quem não sabe, é mais uma história inspirada na obra de Stephen King. Então já viu... É suspense? Sim. É adaptado dos livros do Stephen King? Sim. Tem um cartaz poderoso? Sim. Tive que assistir.


Sinopse: Baseada no livro de mesmo nome de Stephen King, Bag of Bones conta a história de Mike Nooman
(Pierce Brosnan),um famoso escritor que não consegue superar a perda de sua esposa, morta repentinamente em decorrência de um aneurisma enquanto estava nos primeiros meses de gravidez do primeiro filho do casal.O trauma causa uma espécie de bloqueio criativo em Nooman, que acaba passando os últimos quatro anos publicando apenas os manuscritos que escreveu antes da tragédia. Para piorar, ele é assombrado por estranhos sonhos que o guiam até a antiga casa de veraneio da família. Mas em vez de paz e consolo a paisagem bucólica da região esconde muitos problemas. Ele acaba conhecendo a pequena Kyra e sua mãe Mattie (Melissa George), uma jovem e bela viúva que luta contra o sogro tirano (William Schallert) pela guarda de sua filha, e resolve ajudá-las. Ao mesmo tempo ele precisa lidar com as constantes visitas de vários fantasmas, entre eles sua esposa, que tenta lhe entregar uma última mensagem, e de Sara Tidwell (Anika Noni Rose), uma cantora de blues cujo espírito ainda habita a casa. Na tentativa de entender o que está acontecendo com seu novo lar, Nooman começa a investigar sua história, chegando a surpreendentes e assustadoras revelações.


Bom, a sinopse, bem como o cartaz e os vídeos, vieram DAQUI. Mas, se vocês assistirem, verão que a mulher de Mike não morre de aneurisma. Talvez no livro, não sei. Na série, a morte se dá de outra maneira. Também não se deixe abalar pela advertência que aparece nos primeiros segundos do vídeo, alertando sobre presença de violência extrema. Quem conhece as histórias de Stephen King sabe que o forte é o suspense e o sobrenatural, não sangue e tripas voando para todo lado. Pode assistir sem receio que não tem nada de "Jogos Mortais".

Na verdade, o primeiro episódio precisava de um pouco mais de ação. No segundo e último episódio, as coisas ficam mais interessantes e o bicho pega. O desfecho não foi assim totalmente imprevisível, mas gostei de ter assistido. Agora quero ler o livro para ver o que mais foi modificado na história.

Para quem é fã do "Barrados no Baile" original (Beverly Hills 90210), tem uma pequena participação do Jason Priestley, o eterno Brandon.

Então deixo vocês com uma frase de Bag of Bones:
"Uma pessoa sem segredos é como um espantalho vazio"

Até a próxima!

Um comentário:

Gabriela Orlandin disse...

Nunca li nada do Stephen King, acredita nisso? Sério, eu preciso conhecer os livros dele, pois todos só falam super bem. Vou tentar ver a série antes, porque estou muito sem tempo pra ler, mas tenho que achar um tempinho pro Stephen ^^
Achei muito bom o cartaz e, tanto a sinopse quanto a sua história me deixaram curiosa.
Beijos.
Boas festas pra você!