sexta-feira, 15 de março de 2013

Série: FDP



A série acompanha o dia a dia de Juarez, um árbitro que tem um grande sonho: apitar uma Copa do Mundo. Enquanto sua vida profissional parece ir de vento em popa, com sua indicação para apitar a Libertadores da América, sua vida familiar desmorona, pois sua mulher descobriu que estava sendo traída e agora pediu o divórcio e a guarda do filho. Sem ter a quem recorrer, Juarez engole o orgulho e volta a morar na casa da mãe, aquela senhora sempre lembrada nas partidas de futebol, quando seu filho é carinhosamente chamado de “FDP”.


Nada consegue mexer tanto com os brasileiros quanto o futebol. Pode ser Copa do Mundo, final do campeonato estadual, disputas latino-americanas, pelada com os amigos... não importa. Em algum momento, sempre vai ter alguém invocando a memória da santa mãe do juiz. Na série, cada episódio começa sempre com um sonho de Juarez, e termina com alguém soltando um inevitável e apropriado "FDP"!. E, mesmo para quem não é tão fanático assim pelo esporte, recomendo o programa.


Primeiro, porque os jogos são só o pano de fundo. Os dramas pessoais de Juarez (Eucir de Souza) são o foco principal. Suas dificuldades para ver o filho, seus esforços para reconquistar a esposa, seu constrangimento por voltar para a casa da mãe. Aliás, como desgraça pouca é bobagem, a esposa está saindo com o advogado e a mãe, agora viúva, está de namorado novo, e o candidato a papai substituto é... argentino!


Depois, porque a trama usa a paixão nacional e o bom-humor para abordar temas sérios, bem comuns ao universo futebolístico: a pressão e a violência das torcidas, a insatisfação constante dos torcedores, que sempre veem o juiz como ladrão, independente do que ele faça, os erros de arbitragem e o uso da tecnologia para evitar falhas, os dilemas de se apitar um jogo do time do coração, a ética e os resultados de partida comprados, o preconceito contra as bandeirinhas do sexo feminino.


Sem contar que a série é também muito divertida, devido, em parte às situações inusitadas e enrascadas em que se mete o Juarez e, em parte, ao seu companheiro de equipe de arbitragem, Carvalhosa (Paulo Tiefenthaler). O cara é um sujeito desbocado e brincalhão, que não leva desaforo para casa e não pode ver um rabo de saia. É o braço direito de Juarez, tanto dentro quanto fora de campo. Vive dando conselhos (nem sempre muito confiáveis) ao amigo e apresentando garotas a ele, mas, no fundo, sabe que Manuela (Cynthia Falabella), a esposa, é o grande amor de Juarez, e faz de para que eles se reconciliem. Ah... e frequentemente solta pérolas como "Prejuízo é que nem supositório, até quando é pequenininho dói".


A equipe de arbitragem inclui ainda Serjão (Saulo Vasconcelos), um tipo caladão e sossegado, que faz um contraponto perfeito com o inseguro e tenso Juarez, e o tresloucado Carvalhosa. Outra figura que merece destaque é Neri Nelson, o apresentador de programa de TV esportivo que detesta o Juarez e é uma versão 2.0 do Milton Neves e suas intermináveis pausas para merchandising.


E para quem gostar de ficar procurando participações especiais, “FDP” é uma delícia: os jogadores Neymar e Dentinho, os ex-jogadores Rincón e Rivelino, o jornalista esportivo Juca Kfouri, a atriz Isadora Ribeiro e a bandeirinha Ana Paula Oliveira, que, aliás, serviu de inspiração para a personagem Vitória (Fernanda Franceschetto). No canal da HBO no Youtube tem vários vídeos de bastidores bem bacanas.


Me diverti horrores vendo a série. Mais uma ótima produção da HBO. A primeira temporada teve 13 episódios. A segunda, infelizmente, não foi confirmada por causa de problemas com a lei de incentivo. 

4 comentários:

Vivi disse...

Nas "zapeações" pela TV, deparei-me muitas vezes com essa sigla. Sempre perguntei aos meu botões do que se tratava. Lembrei-me do xingamento comum, mas descartei a ideia por considerá-la fruto de uma imaginação fértil. Agora vejo que acertei. Só não imaginava que fosse uma série brasileira e de âmbito futebolístico. Diante da resenha convidativa, acho que vou dar uma conferida. Beijocas!

ellen disse...

Parece bastante divertido

andreia inoue disse...

Eu tinha visto algo sobre essa serie quando estava mudando de canal.
:D
na hora nao liguei muito,mas agora que vi seu post despertou o interesse.Um beijao.

Michelle disse...

Meninas,
Eu adoro as produções da HBO, então sempre procuro conferir as novidades do canal, principalmente quando são programas nacionais. Divirtam-se!